Amsterdã, Reino dos Países Baixos tem 1 atitude empreendedora

Área abandonada de Amsterdã vira um polo de criatividade

Empreendedores revitalizam região holandesa para transformá-la em hub de inovação

O que fazer com uma área urbana esquecida e pouco produtiva para a cidade? Por que não arregaçar as mangas e construir um polo de conexão e fomento aos empreendedores locais? Amsterdã prova que isso é possível. Há cerca de dois anos, De Ceuvel era uma área poluída no norte da capital holandesa, com algumas pequenas lojas de reparo de carros e celeiros abandonados. O cenário mudou após a intervenção da comunidade local que transformou o espaço em um campo fértil para o trabalho criativo e iniciativas sustentáveis.

15751571932_0d751e53dd_o

A partir de um projeto de revitalização urbana, as intervenções em De Ceuvel são realizadas por profissionais multidisciplinares que vão de paisagistas e arquitetos a construtores e especialistas em sustentabilidade, que prometem limpar completamente o solo poluído em um prazo de dez anos, período do contrato concedido pela prefeitura de Amsterdã para liberação de uso da terra.

O mais interessante é observar que De Ceuvel representa mais do que simples reformulações no espaço. Esse movimento em Amsterdam é uma das mais bem-sucedidas vitrines do que podemos chamar de transformação bottom-up, ou seja, um desenvolvimento que parte da base da sociedade para o topo, a partir da revitalização do espaço e incentivo às atividades que dinamizam a economia da região, ações que influenciaram o posicionamento das lideranças políticas.

Hoje, 16 habitações reformadas abrigam negócios criativos. Uma trilha de madeira elevada conecta os barcos (só é possível chegar à região atravessando um rio) e oferece um percurso a pé por uma paisagem inspiradora. O espaço é ocupado por escritórios, ateliês, ou oficinas para as empresas criativas e sociais. Também inclui um restaurante público, Ceuvel Café, e um bed & breakfast para atrair o turismo para o local.

menor

Como você poderia aproveitar a ideia de revitalizar uma área desocupada da sua cidade ou comunidade para fomentar o empreendedorismo local? Quem você chamaria para participar desta iniciativa?