Brasília, DF tem 1 atitude empreendedora

Cobrador de ônibus monta biblioteca para passageiros em Brasília

Antônio da Conceição Ferreira criou o Projeto Cultura no Ônibus na linha onde trabalha

Passageiros da linha 82, que parte do Núcleo Bandeirante com destino ao Setor de Abastecimento e Armazenagem Norte (Saan) em Brasília têm à sua disposição uma biblioteca instalada dentro do ônibus. Criado e mantido pelo cobrador Antônio da Conceição Ferreira desde 2003, o projeto Cultura já dura no Ônibus empresta livros gratuitamente aos passageiros, sem data fixa para devolução. Ferreira até anotava o nome e telefone dos passageiros no início, mas deixou de fazê-lo: pouquíssimos livros deixam de retornar à biblioteca.

5up6dcaxzd_66kaon20vi_file

O acervo fica guardado em um depósito em Sobradinho II, onde vive Ferreira. Quase 8 mil títulos ficam em rotação na biblioteca móvel (25 livros de cada vez): romances, livros de poesia, de contos, ficção e não-ficção e até gibis – a maioria conseguidos através de doações pelo blog do projeto, criado em 2008. Em 2010, estudantes de biblioteconomia da UnB começaram a ajuda-lo catalogar e organizar os livros, mas a biblioteca comunitária, o próximo projeto de Ferreira, ainda não está concluída.

Ferreira nasceu no Maranhão, em Santa Luzia do Tide, e mudou-se para Brasília em 2003. Trouxe na bagagem o seu gosto pela leitura, que alimenta desde criança, e a vontade de estimular a literatura entre aqueles que convive diariamente. O Cultura no Ônibus começou com uma caixa de papelão na primeira linha onde trabalhou, circular em Sobradinho II onde vive. Foi transferido em 2008 para a linha 82 e o projeto só vem ganhando força. Ele quer agora ampliar o projeto para todos os ônibus do Distrito Federal.

Quem fez acontecer?

Antônio da Conceição Ferreira, um cidadão comum de Brasília.

Quer ver uma ideia como essa acontecer na sua cidade?

Compartilhe com seus amigos ou crie seu kit Minha Cidade Empreendedora e veja como fazer suas ideias acontecerem!

 

Fonte: R7