Omaha, Estados Unidos tem 1 atitude empreendedora

Cidade dos EUA investe na música independente

Omaha, nos EUA, investiu uma grande quantia em uma casa de shows para bandas locais e transformou a cidade

É fato que as artes têm ajudado a transformar cidades do mundo ao longo do tempo. São muitas as histórias de bairros, antes taxados de perdidos ou perigosos, que conseguiram se reerguer e atrair a população local graças ao movimento da classe artística. Nos EUA, foi feita uma extensa pesquisa para estimar o impacto das artes e cultura na economia do país. O relatório constatou que, em 2011, 3.2% do PIB foi atribuído às artes e à cultura, o que significa 502 bilhões de dólares (mais de um trilhão de reais). Neste link você pode conferir um artigo com alguns resultados da pesquisa.

Na cidade de Omaha, no estado norte-americano de Nebraska, a prefeitura teve um papel fundamental para a revitalização de uma região e suporte às bandas de música locais, na trilha dos incentivos às artes.

indepen

Tudo começou quando os amigos e músicos Jason Kulbel e Robb Nansel decidiram procurar um local para abrigar uma gravadora independente  também servisse de espaço para receber shows de artistas locais. Depois de várias tentativas, nenhum edifício na região central estava disponível. Foi então que prefeitura abordou a dupla de sócios e ofereceu um lugar no norte da cidade. A região era pouco desenvolvida e precisava urgentemente de uma ação para atrair fluxo de pessoas.

Com o apoio da prefeitura e o edifício escolhido, estava nas mãos de Jason e Robb iniciar a reconstrução daquela área da cidade que passou rapidamente a atrair jovens músicos e, consequentemente, comerciantes e empresários que fizeram com que o desenvolvimento se instalasse instantaneamente.

independpost

independdest

A  é hoje um clube de rock permanente que Omaha sempre desejou e está cercado por outros tantos espaços incríveis que movimentam o que era antes uma região degradada.