Santa Maria do Suaçuí, MG tem 1 atitude empreendedora

Fé e turismo são as apostas de Santa Maria do Suaçuí

Como o turismo religioso gerou diversas oportunidades de negócio na cidade

A pequena cidade de Santa Maria do Suaçuí, no Vale do Rio Doce, visitada por romeiros de todo país, torna-se gigante quando o assunto é experiência de Fé. Conhecida principalmente pela história e relatos de milagres do Cônego Lafayette da Costa Coellho, sacerdote católico nascido no Serro e sepultado em Santa Maria do Suaçuí onde se dedicou à evangelização por 44 anos, a cidade é famosa por suas festividades religiosas que acontecem desde 1972.

destconego

O turismo religioso atrai cerca de 30 mil visitantes por ano durante as celebrações, mas o município tem buscado novas estratégias para garantir o fluxo de visitantes o ano inteiro. Umas delas é o fortalecimento dos setores de comércio e serviço por meio capacitação dos gestores, visando transformar a experiência do turista em algo único. Com a melhoria dos serviços oferecidos, busca-se fidelizar o cliente, fazendo com que tenham interesse em retornar em outras ocasiões e também façam boas recomendações nas mídias sociais – que têm tido cada fez mais peso na escolha dos viajantes.

destsuaçui

Uma parceria com o Sebrae ajudou a articular as lideranças locais e a disseminar conceitos de empreendedorismo, gestão financeira e logística. Também aconteceram ações de conscientização do empresariado sobre as oportunidades de negócios que acontecem durante os eventos religiosos e a perspectiva de atrair novos turistas. Empreendedores de segmentos tradicionais, como hotelaria e restaurantes, além de artesãos, produtores de cachaça, quitandeiras e doceiras fazem parte desse movimento.

O turismo abre possibilidade de vários negócios locais e o projeto busca contemplar todas essas vertentes. Até mesmo reuniões com taxistas locais foram contempladas pelo programa. Os resultados já têm sido percebido pelos empresários locais.

Sua cidade tem potencial turístico? Ele está sendo bem aproveitado? É possível melhorar? Reflita sobre sua cidade, inspire-se e faça acontecer!