Seúl, Coreia do Sul tem 2 atitudes empreendedoras

Seul quer se tornar uma cidade amigável para mulheres

A capital da Coreia do Sul adota medidas para tornar a cidade mais confortável para mulheres

O Governo Metropolitano de Seul reconheceu que a arquitetura da cidade está planejada para homens. O projeto Women-Friendly Seoul pretende mudar isso para que as mulheres se sintam mais encorajadas a participar do ambiente sociocultural da capital sul-coreana.

IMG_0108

Dois objetivos claros foram delineados: tornar os espaços públicos da cidade amigáveis para mulheres e estabelecer uma governança de gênero para que as mulheres participem das tomadas de decisão da prefeitura. Para alcançá-los, foram estabelecidos 5 pilares e 90 projetos:

Caring Seoul: aumento quantidade de creches públicas e ajuda a mães solteiras.

Active Seoul: criação de empregos e melhoria do ambiente de trabalho para que seja mais seguro para mulheres.

Abundant Seoul: projetos e programas culturais focados no feminino.

Safe Seoul: melhor segurança da cidade com foco no apoio à mulher, melhoria da iluminação das ruas, parques mais seguros para mulheres, entre outros.

Convenient Seoul: melhorias no setor de transporte, construção de mais banheiros públicos, etc.

secundária

Women-Friendly Seoul é uma iniciativa de 2007 da então prefeita da cidade Cho Eun Hee, que hoje é a prefeita assistente para assuntos relativos à mulheres e família do governo metropolitano de Seul.

O programa prevê, entre outros projetos, a repavimentação das vias para que sejam amigáveis às pessoas que usam salto alto e vagas de estacionamento “para mulheres” próximas a centros de compras, que são mais largas e pintadas de rosa.

Ainda que a iniciativa tenha boas intenções, alguns grupos criticam que os projetos de cada um dos pilares acabam por reforçar o papel secundário da mulher na sociedade.

Aisa18

Quem fez acontecer?

Prefeitura de Seul, com a liderança de Cho Eun Hee

Quer ver uma ideia como essa acontecer na sua cidade?

Compartilhe com seus amigos e acesse a aba Minha Cidade Empreendedora e veja como fazer suas ideias acontecerem!

Lá você tem acesso ao CANVAS Minha Cidade Empreendedora, que vai te ajudar a transformar uma ideia em atitude.

Crie um perfil da sua cidade, com base em dados reais, e colabore!

Jardins Lineares se tornam solução na qualidade de vida de Seul

A revitalização do rio Cheonggyecheon impediu a demolição de um viaduto e transformou a paisagem da cidade

seoldest

A iniciativa na cidade de Seul é considerada uma referência mundial em humanização de cidades. Além da despoluição das águas, o projeto ainda conta com a construção de parques lineares que devolveram o contato das margens do rio aos moradores.

À época, o prefeito da cidade planejou a demolição de um viaduto que cobria o canal urbano totalmente poluído. Foram cerca de 620 mil toneladas de concreto implodidos e investimentos que giraram em torno de US$ 380 milhões. Tudo para tornar realidade o que parecia impossível: assegurar a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos a partir da paisagem restaurada.

Confira nesta palestra do TEDxBeloHorizonte o professor e urbanista Roberto Andrés citando o exemplo de Seul como algo possível para tornar grandes cidades lugares melhores para se viver.

Ficou curioso sobre o que mais Seul anda fazendo para melhorar a vida de seus cidadãos e dos turistas que vistam a cidade? Confira mais alguns tópicos que valem ser destacados.

Sobre o transporte.

A cidade conta com a melhor cobertura de metrô do mundo com seus mais de 980 km de extensão e mais de 500 estações. Existe um aplicativo em que você seleciona origem e destino da sua viagem e ele avisa quando e onde fazer baldeações para chegar ao local desejado. Além do metrô, optar por taxis também pode sair barato. A cidade conta com frotas enormes de taxistas confiáveis que podem ser chamados em qualquer esquina.

seolpost

Uma cidade de serviços e comércio.

Assim como toda metrópole, Seul possui serviços e lojas que funcionam 24h por dia em praticamente todas as áreas da cidade.

Adotando uma economia do compartilhamento.

Seul está se posicionando como uma cidade modelo de compartilhamento (sharing economy). Um novo projeto, chamado Sharing City, tem como objetivo trazer a economia do compartilhamento para todos os seus cidadãos através da expansão da infraestrutura de compartilhamento, da promoção de empresas de compartilhamento já existentes, da criação de incubadoras para start-ups que adotam esse novo conceito, da utilização de recursos públicos ociosos e da disponibilização de mais acesso aos dados da administração pública e de projetos.

Viu só como a capital da Coréia do Sul pode servir de inspiração? Basta governantes não terem medo de inovar e colocar as pessoas como objetivos primordiais de seus projetos.

Quem fez acontecer?

Iniciativas públicas da cidade de Seul.

Você também quer transformar sua cidade?

Acesse nossa ferramenta Minha Cidade Empreendedora e saiba mais.

[imagens creativecommons]