Xangai, China tem 1 atitude empreendedora

Cidade na China preserva trem desativado para incentivar a conservação da história

Em Pujiang, projeto de arquitetura transformou mobiliário urbano fora de uso em uma forma de manutenção de sua história e preservação do meio ambiente

Em alguns lugares do mundo o transporte ferroviário de pessoas é uma realidade muito confortável e acessível. Não é o caso do Brasil que não teve sua malha ferroviária expandia para este fim e quase não possui linhas de transporte de passageiros hoje em dia.

Na China, atualmente no terceiro lugar do ranking de países com maior dimensão ferroviária do mundo, uma linha desativada ganhou nova função. Em Pujiang, na região metropolitana de Xangai, vagões de trem foram transformados em um hotel.

xangaidest

E é da empresa local de arquitetura e design KUU o projeto que reformou e transformou dois vagões chineses em refeitório e três vagões alemães em dormitórios. Para o restante das áreas comuns foi construído um pequeno prédio para a recepção e uma praça com projeto paisagístico com possibilidades de reorganização dependendo do tipo de evento.

xangaipost

xangaisec

A ideia foi manter viva a memória ao invés de erguer um prédio enorme com quartos sem personalidade. Dessa maneira, estimula-se o turismo na região e preserva-se parte da história do transporte na cidade.

Quem fez acontecer?

O escritório de arquitetura chinês KUU.

Quer ver iniciativas como essa acontecer na sua cidade?

Compartilhe com seus amigos esta matéria, converse com profissionais da área de arquitetura e crie seu kit Minha Cidade Empreendedora. Veja como fazer suas ideias acontecerem!